shares
O Portal Nicole é um fã site feito de fãs para fãs, não temos qualquer contato com a Nicole Scherzinger, ou com seus familiares e agentes. Os artigos e traduções publicados aqui são feitos pela equipe, e são de propriedade do site e qualquer reprodução, mesmo parcial deverá ser comunicada ao site antes de sua publicação. As imagens e vídeos publicadas no site, são de propriedade de seus criadores, divulgamos com o intuito de manter os fãs atualizados. Não temos a intenção de infringir qualquer direito. Antes de qualquer ação, por gentileza entrar em contato pelo nosso E-MAIL.
Tudo que você precisa saber sobre a reunião das Pussycat Dolls
dez 12 2019

Sharing is caring!

Depois da espetacular performance de comeback das Pussycat Dolls no X-Factor, temos visto muitas informações diferentes saindo em veículos da imprensa – e muitas delas incorretas. Então resolvemos fazer um compilado de tudo que sabemos até agora – e de tudo que está confirmado! Com nosso guia, você fica antenado e não perde nada do aguardado retorno. Confira:

1. O que sabemos sobre “React”?

A nova música React é incrível! Sim, todos estamos impactados com o trechinho que nos deixou querendo muito mais. Após a performance, o perfil oficial do grupo postou que ela sai “em breve”. Mas quando? De acordo com fãs que compareceram a um show da Nicole em Londres, um dos membros da equipe dela deixou escapar que React sai dia 24 de Janeiro!

2. Por que só em Janeiro?

Por vários motivos. O primeiro: elas estão testando como o público está reagindo. O propósito da performance no X-Factor foi vender ingressos da turnê. Simples assim. E elas estão conseguindo fazer isso com muita facilidade, ainda mais se lembrarmos que estão 10 anos fora do mercado e que já deram sold out em Londres – e tiveram que adicionar um segundo dia. Na Arena O2. Então, voltando ao objetivo da performance, elas estão conseguindo o que queriam. O burburinho de React vai deixar o pessoal animado pra coisas novas, que é o que elas planejam lançar. Então acabou saindo como teste. A performance já tem 10 milhões de views em um pouco mais de uma semana e isso só prova que todos ansiavam pelo retorno do grupo. E mais: em Dezembro, as paradas musicais estão repletadas de músicas natalinas (Mariah em #1 é um exemplo disso). Esperar a hype do Natal acabar e o chart se renovar é uma ótima estratégia para lançar uma música de comeback. Elas seriam engolidas pela nostalgia do Natal se lançassem React agora.

3. E todas vão cantar dessa vez?

Essa pergunta é a que não quer calar. Numa entrevista recente, divulgando o comeback nos Estados Unidos, Jessica e Carmit falaram um pouquinho de como as coisas estão se alinhando em estúdio. Pelo que a Carmit afirmou, os planos são sim, dividir um pouco mais os vocais, mas com a Nicole sendo ainda a lead singer. O que isso quer dizer? Que provavelmente (aqui estamos especulando, por tudo que já saiu) vamos ter uma linha mais Elevator/Painted Windows, com os vocais misturados das outras meninas.

4. E a Melody?

Ela não quis participar da reunião por seus motivos pessoais, como estar atuando no musical da Cinderella em Londres. Desejamos boa sorte pra moça e vamos focar nas cinco meninas que estão no comeback. Mas o que isso impacta na formação atual? Tudo aponta que Carmit assume a segunda voz e Jessica a terceira. Temos confirmação oficial disso? Ainda não, saberemos mais conforme elas falarem ou quando as músicas em si saírem.

5. Como está a turnê?

Na press-conference que fizeram, as meninas afirmaram que estão trabalhando para entregar coisas novas, energizantes e que nunca fizeram antes na turnê. Devemos ter uma turnê muito mais visual e com uso de tecnologias. Todas as meninas estão muito empolgadas, já que sempre afirmaram que estar no palco é a melhor coisa do grupo, onde a energia que elas tem é incomparável, etc etc. Até então, a turnê começa em Abril no Reino Unido e segue para a Oceania, com Austrália e Nova Zelândia. Mas por que esses lugares? As Dolls sempre foram muito fortes lá e é onde a Nicole manteve sua imagem forte ao longo dos anos – na Oceania, ela já foi jurada do Australia’s Got Talent e fez participação no The X-Factor Australia, por exemplo.

6. Elas vem pro Brasil?

É uma pergunta difícil e não temos uma resposta ainda. Recentemente, em seu stories no Instagram, a Carmit respondeu um fã falando que sim, elas estão tentando trazer a turnê pra cá. Quando o grupo estava em atividade, o Brasil foi um dos países que mais abraçou elas e mesmo assim nunca tivemos um show das Dolls aqui. Todas elas sabem o quanto são amadas aqui e que esperamos ansiosamente a turnê. Mas o story da Carmit não nos confirma nada por enquanto. O dólar alto faz com que seja muito caro para as produtoras trazer artistas internacionais pra cá. Nós precisamos mostrar que existe demanda suficiente pra um show grande, que se pague sozinho.

7. Elas vão voltar só para a turnê ou tem mais? Vai ter álbum?

Bom, pelo que Jessica, Nicole e Carmit já falaram, as Pussycat Dolls voltaram. O que isso significa? Que teremos músicas novas, performances, a turnê e mais. Elas já fizeram um photoshoot novo no dia seguinte da performance no X-Factor. Claro, isso não garante que teremos vários álbuns e turnês. Por enquanto, a turnê “Unfinished Business” tem o teor comemorativo e experimental. Elas vão ver como o público reage e qual é a demanda. Pelo que foi reportado no US Weekly, elas também tem um EP pronto para lançar em 2020. Essa reunião está sendo novidade pra elas também e o momento é muito oportuno para irem testando o que o público quer e espera. Além disso tudo, ainda sairá um documentário oficial de 30 minutos pela MTV contando os bastidores do comeback.

Luis Felipe X 26 14
Agenda Notícias Pussycat Dolls
Sem Tags
Comentários fechados no momento